Picuruta Salazar receberá Estrela da Calçada da Fama do Cine Roxy

kulhydrater i mad tabel go image2

van de heuvel tuindecoratie link hele vejen nik og jay Picuruta Salazar é o maior recordista mundial de vitórias em campeonatos de Surf e um dos maiores ídolos esportivos do país. Tem 169 títulos, foi 10 vezes Campeão Brasileiro Profissional e 3 vezes Vice-campeão Mundial. Picuruta plantou a semente da Brazilian Storm, dos títulos mundiais conquistados por Gabriel Medina e Adriano Mineirinho. Esses e outros feitos estão no documentário boka havets katedral view “Picuruta Salazar – A Lenda do Gato”, que terá avant-première nacional em http://leftprevent.life ems training amsterdam 29 de outubro, a partir das http://ironneedle.live/2018/08 waarom glasvezel ipv kabel 18h, no Cine Roxy 5.

la la land die watch Na ocasião, o surfista receberá a parents élancez vous caf Estrela da Calçada da Fama do Cine Roxy. No local estão imortalizados santistas ou profissionais que tornaram-se conhecidos por suas carreiras iniciadas em Santos, e que levaram o nome da cidade ao Brasil e ao exterior, como Pelé, Chorão, Ney Latorraca, Nuno Leal Maia, Rubens Ewald Filho, Cisco Araña, Sergio Mamberti, entre outros.

la rondavelle tamarin mauritius A noite terá início com projeção do filme às 18h. Ao término da exibição, acontece a homenagem na Calçada da Fama e show de surfi music ao vivo com a banda couch hohe sitzhöhe Mad Haolies, na parte externa do cinema, em frente ao Cine Café. Depois, 21h, tem nova sessão do longa-metragem – esta última já está esgotada.

Depois, a obra estreia em circuito comercial no Roxy em 1º de novembro e, após, em 8 de novembro em outras cidades. Esta será a primeira pré-estreia do longa no Brasil.

Sobre o filme:

Como o filho de um humilde caminhoneiro de Santos provou que era possível viver do surf, rompendo com os paradigmas de um esporte até então dominado por uma elite da Zona Sul carioca, para se tornar o exemplo a ser seguido por gerações de surfistas profissionais – culminando nos atuais títulos mundiais e brasileiros.

História é o que não falta neste documentário dirigido por Alex Miranda (ComercialA Alma Roqueira de NoelCarnaval, no meu quintalCutBackPelada, futebol na favela), que em um intrincado trabalho de pesquisa e documentação, leva ao espectador a história do surf brasileiro sob a ótica de um grupo de pioneiros paulistas, que desde sempre tinha um objetivo na vida: aproveitá-la.

Seguindo a linha cronológica da vida de Salazar, chegamos até o Quebra-mar, vemos a história do Emissário Submarino e das ondas que fizeram deste pico o mais relevante da Baixada Santista, e na sequência acompanhamos como o nosso protagonista começou saindo de Santos para competir nas praias vizinhas, gerando fortes rivalidades que impulsionaram a qualidade do surf da época. Os personagens Tinguinha e os irmãos do Tombo falam sobre essa rivalidade com os santistas, que cruzavam a balsa para surfar no Guarujá.

Em pouco tempo, Picuruta faz a sua primeira viagem para fora do Brasil partindo para o Havaí, com o já famoso surfista Rico de Souza, que acompanhou Picuruta em muitas das suas viagens. Após essa viagem, a vida de Picuruta cada vez mais é pautada pelo calendário dos campeonatos de surf no Brasil e no mundo, momento na narrativa em que o surfista Otávio Pacheco lembra as vitórias seguidas de Picuruta no Rio de Janeiro e na África do Sul, onde viveu uma polêmica bateria contra Tom Carrol.

Serviço:
Avant-première Picuruta – A Lenda do Gato
Segunda-feira, 29 de outubro
18h – pré-estreia
Em seguida, homenagem na Calçada da Fama, exposição de fotos e show de surf music com banda Mad Haolies
21h – segunda sessão do filme (já esgotada)
As sessões são para convidados. A programação externa é aberta ao público.
O filme estreia no circuito comercial, no Roxy, no dia 01/11 e depois 08/11 em outras cidades.

Ficha Técnica


Alex Miranda – Biografia

Sócio da Trator Filmes e dono de uma linguagem cinematográfica dinâmica, fluida e moderna, Alex Miranda tem na sua carreira 6 documentários de longa-metragem, programas para TV, mais de 100 videoclipes e campanhas publicitárias para TV e Online. Com uma visão singular como diretor e vasta experiência em produção, Alex é quem impulsiona as produções da Trator, e foi reconhecido com vários prêmios, com principal destaque para as 5 participações na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo com os filmes ComercialA Alma Roqueira de NoelCarnaval, no meu quintalCutBack e em 2013 com o filme Pelada, futebol na favela, filme que rodou festivais pelo mundo desde então, aclamado com vários prêmios.

Em 2011 foi jurado no Festival Cannes Lions e no El Ojo de Iberoamerica, dois grandes festivais voltados para a produção publicitária. Recentemente, Alex Miranda foi escolhido pela FIFA Films para dirigir Brasil! – documentário oficial da Copa do Mundo no Brasil da FIFA 2014, uma produção da Trator Filmes.