7ª Ação do Coração reflete situação dos refugiados no mundo

açãolançamento

Surgida como uma homenagem ao ator santista Eduardo Furkini, em 2012, a Ação do Coração é uma celebração de amor, de esperança, de fé e de doação que reúne milhares de pessoas em diversos lugares do Brasil e em outros países, sempre no dia 2 de agosto – conforme Lei Municipal 2.884 de 19 de dezembro de 2012. Foi criada e é realizada pela Associação que leva o nome do ator. Ano a ano, busca refletir temas contemporâneos, que espelham a sociedade e o mundo. Em 2018, o projeto tem como tema Nosso Coração, Nosso Território – Refugiados, Excluídos e Migrantes”.

A escolha deste tema busca juntar esforços aos já realizados por outras instituições para sensibilizar a sociedade sobre esse grave problema humanitário. Para isso, a Ação do Coração 2018 tem o apoio institucional do Alto das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR Brasil) e dos Correios do Brasil que viabilizou a confecção de um selo postal em comemoração à Sétima Edição do projeto.

O selo postal e o carimbo comemorativo a 7ª  Ação do Coração foi lançado no último dia 20 de junho no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo e contou com a presença de autoridades e entidades que trabalham em apoio a refugiados, migrantes e excluídos.

Após sete anos, o cerne da Campanha continua a ser a confecção e doação de corações de tecido. O coração aproxima, inspira e abre caminho para novas relações. Nesta edição, assim como nas anteriores, serão arrecadados doações de alimentos não perecíveis, agasalhos e brinquedos, que serão destinadas a instituições de auxílio indicadas pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR Brasil) e para osFundos Sociais de Solidariedade de Santos, São Vicente e de cidades da Região do Vale do Ribeira.

O dia escolhido pela Associação Eduardo Furkini vai ao encontro  do tema desta edição, que é “Nosso Coração, Nosso Território”, com foco em refugiados, excluídos e migrantes. 20 de junho é o Dia Mundial do Refugiadoinstituído no ano 2000 pela ONU, e visa homenagear a coragem e a força das milhões de pessoas que são obrigadas a fugir de suas casas e se refugiar em outras localidades para evitar perseguições, calamidades naturais ou guerras.

A temática desta edição da Ação do Coração quer sensibilizar a população, levando  a reflexão e proporcionar ações para aceitar e acolher os refugiados, excluídos e migrantes. Pensando nisso, serão promovidos encontros, nos quais os refugiados também irão participar confeccionando corações  cheios de bons sentimentos e irão receber através de ONGs parceiras da Associação Eduardo Furkini, indicadas pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), a doação de alimentos não-perecíveis, agasalhos e brinquedos arrecadados durante a campanha.

 “Toda cerimônia será muito significativa. A parceria institucional com o ACNUR nos enche de orgulho e de responsabilidade”, ressalta Alexandre Camilo, idealizador do projeto. Sobre o Selo, Alexandre destaca que “o artista J. Borges fez a doação de sua xilogravura confeccionada especialmente para este item simbólico e nele vemos um Brasil com braços abertos cercado de pessoas de diversas etnias em harmonia, que demonstra em uma imagem tudo o que queremos passar com a escolha deste tema”.

“Tem pessoas que pensam que os refugiados não têm coração, mas tem sim. Vamos abraçar esses corações de fora e fazer com que sejam felizes. É uma honra participar mais um ano da Ação do Coração”, destaca J. Borges.

Ação do Coração

A campanha é uma grande mobilização onde as pessoas se reúnem para confeccionar corações de tecido de várias cores e tamanhos, recheados com uma boa intenção, além de fazerem doações de materiais que são destinadas a instituições de auxílio e caridade. A data é referente ao dia da morte do ator santista Eduardo Furkini, que faleceu vítima de um infarto e que inspirou o movimento.

No ano passado, a Ação do Coração recebeu quase 50 mil peças de roupas, quase cinco mil brinquedos e mais de 10 toneladas de alimentos. Foram confeccionados mais de 150 mil corações em 44 cidades e oito países.

Para este ano novamente foi programada uma agenda diversificada de atividades que antecedem a grande celebração de 2 de agosto.

Programação:

22.07 – Show da Cria Criou Companhia de Artes, na Concha Acústica de Santos, duas sessões às 15h45 e 19h15. Evento gratuito, entretanto pede-se ao público que doe 1 kg de alimento não perecível em prol da Ação do Coração.

23.07 – Lançamento do selo postal da Sétima Edição da Ação do Coração, na cidade de Santos. O lançamento acontecerá no Salão Nobre Prefeito Esmeraldo Soares Tarquínio de Campos Filho – Palácio José Bonifácio, na cidade de Santos, às 11h.

24.07 – Show “A Melodia do Coração” com a Banda de Música do Comando do  8 Distrito Naval, às 20h, no Teatro Municipal Brás Cubas.

28.07 – dois eventos:

11h às 16h – Pedágio para troca de brinquedos usados em bom estado de conservação por ingressos para a “Sessão do Coração” – filme infantil, e para o “Jogo da Solidariedade”, na Ilha Criativa do Boqueirão, na Av. Conselheiro Nébias, esquina com a Av. Vicente de Carvalho, Santos;

15h – “Jogo da Solidariedade” no Estádio Ulrico Mursa, da Associação Atlética Portuguesa Santista, 15h.

30.07 - dois eventos:

15h – Sessão do Coração, filme infantil, no Cine Roxy 6, às 15h, em São Vicente;

19h – Lançamento do selo postal da Sétima Edição da Ação do Coração, na cidade de São Vicente. O lançamento acontecerá no Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente, R. Frei Gaspar, 280 – Centro, São Vicente.

31.07

15h – Sessão do Coração, filme infantil, no Cine Roxy 5, em Santos.

Encerramento das oficinas de confecção de corações.

02.08 – 11h, Ação do Coração – Praça Mauá.