Documentário Califórnia Brasileira será lançado no Cine Roxy

kulhydrater i mad tabel go logo califórniaNos anos 1990, devido à enorme quantidade de bandas independentes em atividade, ao grande público presente nos shows, e claro, à sua geografia, Santos ganhou o apelido de van de heuvel tuindecoratie link “Califórnia Brasileira”. Aprovado por uns, rechaçado por outros, o fato é que o apelido pegou e a importância do cenário local neste recorte histórico é inegável.

hele vejen nik og jay Em uma década, a cidade exportou nomes como Garage Fuzz, Safari Hamburguers, White Frogs, Sociedade Armada, The Bombers, Sonic Sex Panic, Blind e outros grupos de hardcore e punk rock. E importou em tempo real as principais tendências desses segmentos musicais dos EUA, chegando ao ponto que tais estilos fossem a principal música jovem da cidade em meados da década de 1990, tudo isso aliado a muito surf e skate.

boka havets katedral view http://leftprevent.life ems training amsterdam “Califórnia Brasileira – O Hardcore Punk em Santos – 1991 a 1999” acompanha esse período e retrata as  peculiaridades da cena local sob a visão e direção de http://ironneedle.live/2018/08 waarom glasvezel ipv kabel Rodiney Assunção e la la land die watch Wladimyr Cruz (“Woodstock – Mais que uma loja”, “Uma Nova Onda de liberdade”), dupla responsável pelo longa “Os Portais Do Inferno Se Abrem: A história do Vulcano”.

parents élancez vous caf O documentário de longa-metragem será lançado la rondavelle tamarin mauritius em 18 de abril, uma terça-feira, no Cine Roxy 5, repetindo a parceria dos diretores com o cinema no projeto Cine Rock-Se.  Às couch hohe sitzhöhe 20h30, acontecerá pocket-show com a banda Sonar no hall de entrada do cinema, ao lado do Cine Café. A apresentação é gratuita e aberta ao público. Depois, 22h, na sala 5, acontece a estreia do filme. A entrada também é gratuita, por ordem de chegada, com sala sujeita à lotação.

O filme

Durante suas duas horas de duração, o filme leva o espectador a uma viagem no tempo e uma imersão na época que marcou a história da cidade e de pelo menos duas gerações de jovens que pautaram – e pautam – suas vidas na música e na ética punk.

Com depoimentos e muitas imagens de arquivo, o documentário mostra o que foi a produção musical e cultural do período e se propõe a registrar uma das muitas visões possíveis de um movimento plural e até hoje inspirador.

Seu trailer foi lançado em novembro de 2016, durante o 1º Santos Film Fest – Festival de Filmes de Santos.

“Califórnia Brasileira” foi produzido de maneira 100% independente, feito a partir de recursos próprios, sem apoio ou verbas pública ou privada, característica já conhecida da dupla de diretores/realizadores.

Após a estreia no Roxy, o filme será exibido em espaços alternativos. Uma versão home vídeo, em DVD com extras, também será lançada em junho.

Ficha Técnica:

“Califórnia Brasileira – O Hardcore Punk em Santos 1991 – 1999”

120 minutos.

Direção: Rodiney Assunção e Wladimyr Cruz

Lançamento: Blue Screen Of Death & Just Design

Première

Terça-feira, 18 de abril

Cine Roxy 5 – Av. Dona  Ana Costa, 443 – Gonzaga

Entrada Franca

20h30 – Pocket Show com a banda Sonar, ao lado do Cine Café

22h – Sessão do filme (sala sujeita à lotação).

Shows:

Comemorando o lançamento do filme, três conjuntos da época se reunirão para shows exclusivos na sexta-feira, 21 de abril, no Boteco Valongo: Sonic Sex Panic, White Frogs e Sociedade Armada.

O Sonic Sex Panic faz sua segunda reunião em pouco mais de um ano, desta vez relembrando seu álbum mais emblemático, “Inside Reflex”. Já o Sociedade Armada se reencontra e promete uma tour – a ser iniciada no show de Santos – onde serão relembradas as músicas de seus três discos de estúdio. O conjunto não toca junto há pelo menos cinco anos. Completando a trinca, o White Frogs, que não se encontra há mais tempo ainda. Desde 2004 o grupo santista não se reúne. Com a formação que fará o show, contando com o vocalista Gustavo Porto, esse período aumenta consideravelmente. O quinteto apresentará um set baseado no clássico álbum “Urban Songs”, de 1997 e outros hits.

Fechando o time, os punk rockers do The Bombers – que seguem na ativa desde 1995 – dão um gostinho do que será seu novo disco, “Embracing The Sun”, com lançamento planejado para julho deste ano; e a novata O Circo fará sua estreia nos palcos, contando em sua formação com ex-integrantes de outro nome dos anos 1990, o Scargot Surfers.

Shows de lançamento

Sexta-feira, 21 de abril, 22h

White Frogs, Sociedade Armada, Sonic Sex Panic, The Bombers e O Circo

Boteco Valongo – R. São Bento, 43 – Valongo – Santos/SP

Ingressos na porta a R$ 20