Curtas do Querô serão exibidos no Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo

Azul da Cor do Mar.

Azul da Cor do Mar.

Depois dos filmes das Oficinas Querô serem selecionados para importantes festivais como Ver Cine (Rio de Janeiro), Festival de Cinema Online (São Paulo) e Mostra Infantil de Florianópolis, agora é a vez de participarem de um dos maiores e mais tradicionais eventos dedicados ao formato do curta-metragem no mundo: a 26ª edição do Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo. No total, foram 604 filmes brasileiros inscritos e 125 selecionados.

Os jovens do Querô concorrem com o romance Azul da Cor do Mar, para a Mostra Infanto Juvenil e o drama Tempo é Morfina, na mostra Panorama Paulista. Toda a produção, roteiro e filmagens foram feitas por jovens de 14 a 18 anos, de baixa renda, moradores da Baixada Santista, durante a capacitação audiovisual pelo projeto Oficinas Querô. Desde 2006, já foram 85 filmes produzidos no projeto, conquistando 41 prêmios.

Para Kamilli Semenov, jovem diretora da ficção Tempo é Morfina em parceria do jovem Daniel Queija (Oficinas Querô 2014) e tutoria do premiado diretor Rafael Aidar, ser indicada representa o reconhecimento. “Uma das melhores sensações ao se fazer cinema é poder ver seu filme escolhido para um festival. Isso mostra que alguém, no caso a curadoria, assistiu e se identificou com a obra produzida”.

Para a jovem das Oficinas Querô Cibele Gonçalves, que atuou no curta Azul da Cor do Mar e também fez produção de elenco, o sentimento é de dever cumprido. “Saber que conquistamos um espaço em um festival importante como esse mostra que estamos no caminho certo e que conseguimos colocar em prática no filme, tudo o que aprendemos durante as Oficinas Querô”.

O documentário Nau Insensata, produção da produtora social Querô Filmes e direção de Cristiano Sidoti, está entre os indicados para a Mostra Panorama Paulista e o programa especial Rastros de Ódio, por abordar a época da Ditadura Militar, entrevistando presos políticos que viveram na embarcação Raul Soares no Porto de Santos. Mais informações sobre a produtora em www.produtoraquerofilmes.com.br.

Festival Internacional de São Paulo – O Festival acontece de 19 a 30 de agosto, trazendo filmes nacionais e internacionais. O público é quem elege os filmes favoritos da programação, exibida gratuitamente em salas de cinema e centros culturais espalhados pela cidade. Desde 1990, o evento é organizado pela Associação Cultural Kinoforum, entidade sem fins lucrativos que apoia o audiovisual brasileiro, estimulando a linguagem e a produção cinematográfica.

Azul da Cor do Mar – O roteiro é de Cibely Ferreira e direção de Pedro Mendes, das Oficinas Querô 2014. O curta-metragem conta a história de Beto, um jovem do interior de São Paulo que sonha em conhecer o mar. Paralelo à essa paixão, Beto tem um amor platônico por uma das meninas da escola: a garota de olhos azuis da cor do mar. Um romance com frescor adolescente somado à imensidão do mar.

Tempo é Morfina – A produção é das Oficinas Querô Avançadas. Narra os últimos momentos de um casal antes de se separarem por tempo indeterminado. No elenco, os atores Priscilla Maia (de Rasgue Minha Roupa, 2002), Vinicius Ferreira (de Uma Dose Violenta de Qualquer Coisa, 2013) e Victor Luiz dos Santos (capacitado nas Oficinas Querô 2006) enriquecem ainda mais a produção.