Curta-metragem | Puerto Quijarro – Sensaciones Reportados

puertoDando sequência ao diálogo aberto aqui no site Culturalmente Santista, apresento a vocês um foto-documentário que em minha humilde e sincera opinião é uma pequena pérola. Seja pela beleza e sinceridade com que expressa o simples e cotidiano, ou pelos sentimentos impressos nos registros fotográficos, “Puerto Quijarro – Sensaciones Reportados”, de Rafael Roncarati é um belo exemplo de que cinema é objeto transformador e motivador.

Marilena Chauí, em seu livro Convite à Filosofia, mais especificamente em seu texto O Universo das Artes – Unidade do Eterno e do Novo, diz que “O artista busca o mundo em estado nascente,  tal como seria não só ao ser visto por nós pela primeira vez, mas tal como teria sido no momento originário da criação. Mas, simultaneamente, busca o mundo em sua perenidade e permanência”. Talvez aí esteja o segredo de “Puerto Quijarro”, na simplicidade do olhar, na busca pela eterna novidade que tanto nos fascina e registro dessas sensações que nos rodeiam quando nos permitimos ser parte de algo maior.

Alberto Carrero/Fernando Pessoa, talvez sintetize a beleza do olhar expresso em “Sensaciones Reportados”, ao escrever:

O meu olhar é nítido como um girassol.

Tenho o costumo de andar pelas estradas

Olhando para a direita e para a esquerda,

E de vez em quando olhando para trás…

E o que vejo a cada momento

É aquilo que nunca antes eu tinha visto,

E eu sei dar por isso muito bem…

Sei ter o pasmo essencial

Que tem uma criança se, ao nascer,

Reparasse que nascera deveras…

Sinto-me nascido a cada momento

Para a eterna novidade do Mundo

Nesse diálogo que inicio com “Puerto Quijarro”, desculpo-me por utilizar tanto da fala de outros, mas, se o que há de ser dito já foi dito, não há o porquê de dizê-lo novamente. Espero que assim como a mim, o foto-documentário possa lhes permitir belos momentos de introspecção e a sensação de que sim, o ser humano é em sua essência um ser puro e solidário.

Assista:

Puerto Quijarro – Sensaciones Reportados

Dir.: Rafael Roncarati

Ano: 2014

Duração: 08:51

Foto-Documentário