Banda Querô, de Santos, fará turnê pela Europa

71457_592345780841441_1374233936_nFormada na oficina de percussão, a Banda Querô é o primeiro produto cultural do Instituto Arte no Dique. Com uma batida própria que mistura ritmo e harmonia, o grupo criado em 2003 já realizou dezenas de apresentações pelo Brasil e várias no exterior. Em setembro, a banda parte para uma nova turnê pela Europa. Na agenda, estão participações no Lavagem de Madeleine, Festival Cultural Brasileiro que ocorre anualmente em Paris; Festival de Músicas da América Latina (FesMAL), onde farão um workshop de percussão também na capital francesa, e no Festival Dia de Brasil em Barcelona, maior evento de cultura brasileira na Catalunha (Espanha).

Com forte influência do samba reggae, a formação santista vem ganhando notoriedade nos últimos anos, após o lançamento do CD de estreia “A Arte no Dique”, em 2007, que rendeu três participações na maior festa a céu aberto do mundo, o carnaval de Salvador.

O nome Querô é uma homenagem ao personagem principal de “Querô, uma reportagem maldita”, do dramaturgo santista Plínio Marcos. O coordenador cultural do projeto, José Virgílio Leal de Figueiredo, avalia que a banda “representa o objetivo do Arte no Dique de formar mão de obra para a arte, a cultura e o entretenimento. Através da música, esses jovens têm a chance de conhecer outras realidades, idiomas, costumes e culturas. Por exemplo, essas turnês por outros países, estados e cidades”.

Agenda da turnê:

FRANÇA:

5 ou 6 de setembro:Show de 50 minutos na Lavagem da Madeleine

A Lavagem de Madeleine é o Festival Cultural Brasileiro que acontece cada ano em Paris. Esse ano acontecerá de dia 2 a 7 de setembro com uma programação cultural brasileira diversificada (show, apresentações de dança, exposições, feira artesanal e culinária). No último dia do festival acontece a Lavage de Madeleine: um grande cortejo para a Paz  acompanhado de batucada e importantes artistas brasileiros. No final do cortejo as baianas fazem a lavagem simbólica da igreja Madalena. Esse ano a artista convidada é a Daniela Mercury.

6 de setembro: Workshop de percussão no Festival de Músicas da América Latina (FesMAL) em Paris.

7 de setembro: Participação no show do músico Rodrigo de Oliveira, no espaço Studio de l’Ermitage, em Paris.

ESPANHA:

14 de setembro: Show no Festival Dia de Brasil em Barcelona. Maior evento de cultura brasileira em Barcelona.

——–

Ano de conquistas:

2014 tem sido um ano de importantes conquistas para o Arte no Dique. Em 1º de agosto, foi lançada a filial do Instituto em Salvador, no bairro Cazajeiras, onde vivem 100 mil pessoas. Um dos objetivos dessa nova unidade é a realização de um intercâmbio entre agentes culturais e artistas da capital baiana e Santos.

Já no dia 15 o presidente do Instituto, José Virgílio Leal de Figueiredo, recebeu na Câmara Municipal de Santos o título de Cidadão Santista.

Sobre o Instituto:

Instituto Arte no Dique, organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, desenvolve atualmente trabalho sóciocultural com a população do Dique da Vila Gilda na Zona Noroeste de Santos, numa das regiões com maiores índices de vulnerabilidade social da cidade, com uma população de 22 mil habitantes vivendo em condições precárias, em palafitas à beira do mangue, sobre o Rio Bugre.

Tem como proposta a realização de ações, oficinas e cursos profissionalizantes, regidas pelos princípios da inclusão social, pesquisa e valorização da cultura local, aquisição de conhecimentos específicos do mundo da arte e cultura que possibilitam a ampliação do universo cultural. Busca desenvolver talentos, saberes e habilidades pessoais que podem ser direcionadas à formação profissional com qualidade, abrindo também perspectivas de sonhar e transformar projetos de vida na direção de um futuro promissor em contraponto à realidade vivida com altos índices de miséria, evasão escolar, desemprego, criminalidade, drogas e violência.

Hoje, os alunos do instituto têm a chance de estudar, por exemplo, balé com Renata Pacheco, coordenadora do Balé Municipal de Santos, um dos mais premiados e respeitados na América Latina; teatro com o diretor Renato di Renzo, de atuação reconhecida nacionalmente, e tem a banda Querô como seu primeiro produto artístico-cultural.

Filme

Em novembro de 2013 foi lançado em São Paulo e em Santos o filme “Caranguejo do Mangue: Do Dique do Itororó ao Dique da Vila Gilda”. Com direção de André Prati e Guilherme Escobar Nori, o longa de 88 minutos mescla documentário e momentos de ficção, que mostram tanto a trajetória da instituição bem como a realidade da comunidade. Uma história que expõe a dinâmica social desta região onde o Instituto está localizado, com cenas criadas a partir da realidade física e lúdica desta jornada.

Maiores informações:

www.facebook.com/artenodique
www.youtube.com/Artenodiquetv