Balanço: Ação do Coração entrega 3 mil litros de água no interior de Pernambuco

sertao10O último sábado (24) foi especial para três comunidades do Sertão do Pajeú, em Pernambuco. Mais de três mil litros de água e leite foram distribuídos entre moradores da pequena Barriguda, que pertence ao município de Tuparetama, e também de Logradouro e Socorro, no município de Iguaraci, a cerca de 300 quilômetros da capital Recife. O carregamento veio de Santos, no litoral paulista, proveniente de doações realizadas durante a campanha Ação do Coração, capitaneada pelo ator Alexandre Camilo, embaixador da Associação Eduardo Furkini.

Junto com a água e o leite, centenas de corações de tecido foram entregues, “recheados de boas intenções”, como pede a campanha Ação do Coração. De diferentes cores e tamanhos, os corações foram confeccionados no Recife, cidade que sediou a campanha ao lado de Santos (SP) e Santa Maria (RS).

Toda a entrega foi registrada pela TV Tribuna (afiliada Globo), de Santos, que enviou a repórter Vanessa Machado e o cinegrafista Robyson Senhorães, para a missão. “O povo santista merece saber que sua doação chegou ao destino e chegou na hora certa para os irmãos que sofrem com a seca”, afirmou Alexandre Camilo. De fato, a chegada do caminhão levou alegria a comunidades incrustadas na caatinga seca, distantes quarenta quilômetros da estrada asfaltada mais próxima. A única barragem da região estava com a água encoberta por um limo verde, onde bebiam juntos gado, cães e gente.

A Ação recebeu o apoio das Organizações Não Governamentais (ONG) Caminho Nações e SOS Religar Nordeste. Juntos no trabalho braçal de descarregar o caminhão e organizar a distribuição, os voluntários fizeram mais: levaram sorrisos, abraços e amor distribuídos com gente simples, receptiva, necessitada do “pão material, mas também do pão imaterial”.

sertao2Marcelo Quintela, representante da ONG Caminho Nações, participou da entrega no Sertão e viu semelhanças com o que viveu, recentemente, na África: a alegria de servir supera as dificuldades. “Há corações em ação o tempo todo para permitir as logísticas necessárias, coisas que alegram meu coração e me fazem chorar rindo ao mesmo tempo”, afirmou.

Balanço da Ação do Coração, pela Associação Eduardo Furkini


“Quando nos veio a inspiração para o tema “Tempo Presente: de doar, de perdoar e de paz”, buscamos aprofundar o sentido de cada palavra do que seria o fio condutor da Ação do Coração 2013.

O tempo presente é o hoje de nossa história. Tempo de realizarmos e nos realizarmos na felicidade. Felicidade que se realiza quando nos doamos aos irmãos, quando perdoamos as ofensas e estamos em paz, conosco e com o próximo.

Tempo de Doar: Repartir, partilhar, doar o que temos, com aqueles que não têm. Tantas necessidades: de uma conversa, um alimento, uma novidade, uma história… Partilhar palavras, partilhar o coração! Todo dia é dia de doar; de dividir; de compartilhar. A partilha nos conecta com a experiência de dividir emoções e sentimentos que nos reporta a diferentes contextos do “ato de doar”. Na Ação do Coração somente na cidade de Santos/SP, foram arrecadados 1.012 quilos de alimentos não perecíveis, ou seja, mais de uma tonelada, 1.726 unidades de roupas, além de 3.162 litros de água/leite.

Tempo de Perdoar: Perdão é decisão! É decisão e é libertação. Sim! Porque quem não perdoa, fica preso a outra pessoa. Fica preso ao momento da injustiça, a mágoa, ao desdém! Todos os dias, é dia do perdão. Dia de reconciliação.

 

Aprofundando esse tema foram realizadas oficinas nas unidades da Fundação Casa de Guarujá, Mongaguá, Praia Grande I, Praia Grande II e de São Vicente, na Penitenciária Feminina de São Vicente, em aparelhos da Prefeitura de Santos que cuidam de moradores de rua, na Associação Prato de Sopa Monsenhor Moreira e na Missão Salvar Vidas que trata de dependentes químicos.

Tempo de Paz: A Paz é fruto da justiça. A paz é consequência! Fruto de quem se doa, de quem perdoa e de quem ama. Mais do que sentir a paz, você e eu somos chamados a sermos um agente da paz! Paz que é capaz de trazer harmonia e equilíbrio, verdadeiros remédios para acalmar e resolver conflitos. Você, eu, nós – agentes da paz!

Para homenagear as forças de paz no dia 02 de agosto, 12 tendas foram instaladas ao redor da Praça Mauá, em Santos/SP, e em cada tenda foi homenageada uma força de paz:

1 – Marinha do Brasil (Capitania dos Portos de São Paulo);

2 – Exército Brasileiro (1ª Brigada de Artilharia Antiaérea);

3 – Aeronáutica (Núcleo da Base Aérea de Santos);

4 – Polícia Federal (Delegacia de Polícia Federal de Santos);

5 – Polícia Civil (Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior – DEINTER 6);

6 – Polícia Militar (6º Batalhão de Polícia Militar do Interior – 6º BPMI);

7 – Polícia Ambiental (3º Batalhão de Polícia Ambiental – 3º BPAMB);

8 – Corpo de Bombeiros (6º Grupamento de Bombeiros – 6º GB);

9 – Corpo de Bombeiros (Grupamento de Bombeiros Marítimo – GBMAR);

10 – Defesa Civil de Santos;

11 – Guarda Municipal de Santos;

12 – Cruz Vermelha.


No interior das tendas militares fardados entregavam os corações para a população, um símbolo de união, de reconciliação e de amor.
Mais de cem mil corações de tecidos foram entregues só em Santos. E a Ação do Coração ganhou uma Bandeira. Conquistou sete cidades em quatro países fora do nosso continente. Em Eket, na Nigéria, as imagens e a reportagem de Tatiana Jorge nos emocionam. O mesmo se deu em Dakar, no Senegal, em Londres, na Inglaterra e em Hanói, no Vietnã. No Brasil, além de Santos/SP, Recife/PE e Santa Maria/RS a Ação do Coração mobilizou milhares de pessoas. No Vale do Ribeira/SP, corações confeccionados em várias cidades do Vale foram entregues aos usuários da Rodovia BR116.

Animados por este tema e por estas palavras cheias de significado, vamos seguir inspirando e levando para todos aqueles de boa vontade, a lição do coração. Este é o nosso tema. É a nossa missão na Ação do Coração 2013. Só com o coração mergulhado no amor podemos agir seguindo os princípios do amor. E isso foi essencial para aqueles que se sentiram motivados a confeccionar corações. Corações que chegaram onde você não imagina, para pessoas que talvez você nunca irá conhecer. Mas pelo amor e com amor, você pode ter a certeza de que, em algum lugar aonde chegar aquele coração, ele será recebido pela alegria que habita em todo ser. Alegria essa, muitas vezes, silenciada, martirizada, oprimida! Que o coração, que é a sua doação, seja instrumento para libertação!

Juntos, hoje sonhamos e construímos o que o amor quer realizar em nós. Por isso, transbordemos! Transbordemos em palavras, gestos e ações. Esse é o convite de hoje, para o dia de hoje! Que ele seja um dia de Ação, no seu Coração!”

Associação Eduardo Furkini

A Associação Eduardo Furkini – AEF, fundada em 27 de setembro de 2011, é uma sociedade civil sem fins lucrativos, que nasceu do desejo de manter viva e perpetuar a memória de José Eduardo Gonçalves, em artes, Eduardo Furkini.

O objetivo social da AEF é atender jovens a partir dos 18 anos por meio de concessão de bolsas de estudos prioritariamente para a formação em profissões ligadas a saúde, turismo, idiomas, contação de histórias, artes e esportes.

Histórico

Nesses quase dois anos de atividades, a AEF possibilitou a concessão de bolsas na área da cultura. Foram concedidas vinte bolsas para o curso de narração de histórias e cinco bolsas de incentivo à música. Desse trabalho inicial surgiram os grupos: Semeando Histórias e Quarteto de Cordas Eduardo Furkini, motivo de muita alegria para a AEF.

- Grupo Semeando Histórias

O Grupo Semeando Histórias foi criado pela AEF, em maio de 2012. Seu objetivo é levar a arte de narrar histórias às pessoas que são atendidas em instituições como casas de repouso, creches, escolas e hospitais.

- Quarteto de Cordas Eduardo Furkini

O Quarteto de Cordas Eduardo Furkini foi formado pela AEF, em setembro de 2012, com o objetivo de oportunizar a formação musical e artística, proporcionando desenvolvimento pessoal e viabilizando a profissionalização de jovens talentos.

- Eduardo Furkini

Eduardo Furkini possuía muitas habilidades profissionais. Atuou em vários espetáculos adultos e infantis, performances, filmes e vídeos institucionais. Na década de 1990 a Cia. de Teatro Era Uma Vez que continua ativa e levando o nome de Santos a várias cidades do país.

A Ação do Coração é uma iniciativa da Associação Eduardo Furkini não possuindo nenhum vínculo político ou partidário, tampouco religioso.

É um movimento para a doação de amor, carinho e respeito ao próximo. Esse movimento é permeado pelo espírito de solidariedade e à medida que foi se tornando conhecido, pessoas de diferentes cidades, estados e países juntaram-se nessa corrente do bem.

No ano de 2013 a Ação acontece simultaneamente nas seguintes cidades: Santos/SP, Recife/PE e Santa Maria/RS (Brasil); Londres (Inglaterra); Hanói (Vietnã); Dakar (Senegal); Eket (Nigéria).

Antes de levar essa iniciativa para a sua cidade, entre em contato com a Associação Eduardo Furkini detentora dos direitos e da marca da Ação do Coração. Existem critérios rígidos para que a Ação se mantenha com o espírito de ser o que nasceu para ser: “um movimento de doação e amor”.

Os recursos necessários para a sua realização foram obtidos com o apoio das empresas que doaram materiais e trabalho. Por trás dessas empresas existem pessoas que acreditam nesse movimento e com sua doação e amor viabilizaram essa Ação. A todos, nosso muito obrigado!