31/01: Rubens Ewald Filho receberá estrela na Calçada da Fama do Cine Roxy

kulhydrater i mad tabel go O “homem do Oscar”, como é conhecido, comentará mais uma vez a premiação, em 24 de fevereiro, na TV a cabo (e no Roxy, que exibe a cerimônia ao vivo). Santista de nascimento, van de heuvel tuindecoratie link Rubens Ewald Filho, que anualmente narra a jornada dos premiados, dessa vez será o homenageado: receberá na quinta-feira, hele vejen nik og jay 31 de janeiro, às boka havets katedral view 19h, sua estrela na http://leftprevent.life ems training amsterdam Calçada da Fama do Cine Roxy. A iniciativa surgiu do empresário http://ironneedle.live/2018/08 waarom glasvezel ipv kabel Toninho Campos. “O Rubens é uma pessoa que merece admiração. Desenvolve, há décadas, um importante trabalho de disseminação do cinema e leva o nome de nossa cidade a todo o país”, diz.

la la land die watch Na ocasião, que integra a programação especial do Oscar 2013 promovida pelo Cine Roxy, o maior crítico de cinema do país ainda baterá um papo com o público em uma pré-estreia para convidados do filme “O Lado Bom da Vida”, com oito indicações este ano. Será a chance de ouvir, logo após o longa e bem de perto, as opiniões do principal nome da crítica cinematográfica nacional sobre um filme de destaque da premiação mais vista e comentada do mundo.

parents élancez vous caf “Acho que o titulo do filme foi sintomático: ‘O Lado Bom da Vida’. É exatamente isso: em meio aos problemas do cotidiano, as dificuldades, os desacertos, uma das melhores coisas é ser reconhecido em sua terra natal. Sou muito grato a Santos e ao seu povo, que sempre me reconheceu e acolheu como o santista que nunca deixei de ser. Receber as marcas na Calçada da Fama, justamente no cinema em que passei minha infância, onde adquiri o vício e a paixão pelo cinema, é um momento, para mim, importante e inesquecível”, celebra Rubens. “E,  ainda por cima, apresentando um filme que admiro e torço na festa do Oscar, com outro nome positivo, ‘O Lado Bom da Vida’. Sempre fui muito grato ao exibidor santista Toninho Campos, que sempre foi o incentivador das sessões de arte do antigo Clube de Cinema e acreditou na qualidade de nosso público. Receber a homenagem dele é uma grande honra para mim, uma demonstração daquilo que mais nos une: o amor pelo cinema”, ressalta o crítico.
Além de homenagear Rubens, o Cine Roxy recolocará as placas – concebidas pelo artista plástico Rica – que foram roubadas, ano passado, da Calçada da Fama.

la rondavelle tamarin mauritius Em “O Lado Bom da Vida”, de David O. Russell (do premiado “O Vencedor”), Pat Solitano Jr. (Bradley Cooper) perdeu absolutamente tudo na vida: sua casa, o emprego e a esposa. Deprimido, ele vai parar em um sanatório, onde fica internado por oito meses. Ao sair, Pat passa a morar com os pais e está decidido a reconstruir sua vida, o que inclui retomar o casamento, passando por cima de todos os problemas que teve. Entretanto, seu novo plano muda por completo quando ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma garota misteriosa que também tem seus problemas. É ela quem consegue fazer com que Pat mais uma vez se reconecte com a vida.

couch hohe sitzhöhe
O LADO BOM DA VIDA

(Silver Linings Playbook)
Direção: David O. Russell.
Elenco: Bradley Cooper, Jennifer Lawrence, Robert De Niro, Julia Stiles, Jacki Weaver, John Ortiz, Chris Tucker, Shea Whigham, Dash Mihok , Dolores Solitano, Anupam Kher.
Comédia / Drama / Romance.
122 minutos.
Indicações ao Oscar: Filme, Direção, Roteiro adaptado, Montagem, Ator (Bradley Cooper), Atriz (Jennifer Lawrence), Ator coadjuvante (Robert De Niro), Atriz coadjuvante (Jacki Weaver).


Rubens Ewald Filho

Com mais de quarenta anos de profissão, Rubens é um pioneiro na imprensa brasileira. Foi o primeiro a escrever sobre filmes na TV, sobre vídeo, depois sobre DVD. Foi o primeiro crítico a trabalhar numa televisão por assinatura (a Showtime da TVA, depois virou diretor de programação e produção da HBO Brasil, esteve uma temporada no Telecine e atualmente está no programa TNT Mais Filme, em sua terceira temporada e também na Band apresentando longas-metragens).

Também fez cinema como ator e roteirista. Ecreveu telenovelas (a mais premiada foi “Éramos Seis”, em parceria com Silvio de Abreu, em duas versões na Tupi e no SBT) e atualmente é diretor teatral em sucessos como “Querido Mundo”, “Hamlet Gashô”, “O Amante de Lady Chatterley”, “Doce Veneno- Bruna Surfistinha” (este em produção).
Também é conhecido como o homem do Oscar, depois de comentar 27 vezes a festa dos Academy Awards para o Brasil (atualmente para a TNT, onde comenta também as festas do Globo de Ouro e SAG). Trabalhou nos principais órgãos de imprensa do Brasil (de Veja a O Estado de São Paulo), nas emissoras de televisão (Começou na TV Cultura, ficou 12 anos na Rede Globo, depois Record e Bandeirantes).
Faz comentários no rádio que são distribuídos por todo o Brasil e para a Rádio Jovem Pan em São Paulo.

Lançou em 2007 o livro “O Cinema vai à Mesa”, em parceria com Nilu Lebert, pela Edit.

“Melhoramentos” (premiado na Inglaterra) e a seguir em 2008, “Bebendo Estrelas”, sobre vinhos e coquetéis. Foi coordenador da Coleção Aplauso da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, que lançou mais de 170 títulos de resgate e preservação da memória cultural do Brasil.
Considera seu trabalho mais importante o Dicionário de Cineastas, editado pela primeira vez em 1977 e, agora, revisado e atualizado, continuando a ser o único de seu gênero no Brasil.


Serviço:
Homenagem a Rubens Ewald Filho, no Cine Roxy 5

Quinta-feira, 31 de janeiro, 19h
Depois, sessão para convidados do filme “O Lado Bom da Vida”, com comentários de Rubens após a exibição